Por que fazer um teste Pré-Natal não invasivo?

Os testes não invasivos podem evitar por volta de 98% dos testes invasivos em pacientes com risco para trissomia do T211.

  • O padrão atual de detecção de alterações cromossômicas pré-natal exige o uso de técnicas invasivas
    (aminiocentese e biópsia de vilosidade coriônica) que possuem um risco de aborto espontâneo entre 0,5%-2%.
  • NACE® oferece informação confiável para evitar técnicas invasivas desnecessárias.

Importância da cobertura do teste NACE® para gestações únicas.

Segundo dados de 2012 do Registro Europeu de Diagnóstico Pré-Natal2, as anomalias dos cromossomos 21, 18 e 13 representam 71% do total de alterações cromossômicas detectadas.

Taxa de detecção conforme o tipo de Triagem

Microdeleções

As microdeleções são alterações cromossômicas causadas por pequenas deleções no material cromossômico. A maioria acorre por casualidade, sem antecedentes familiares e sem outros fatores de risco, como a idade avançada. Essas síndromes sâo associadas geralmente ao atraso intelectual e malformações em diferentes órgãos.

O painel de microdeleções NACE® Ampliado 24 proporciona aos médicos novas opções de diagnóstico/teste não invasivo em certas situações clínicas.

O painel de microdeleções NACE® Ampliado 24 foi validado em amostras clínicas e analíticas reais. Seu algoritmo otimizado compreende as complexidades das regiões cromossômicas específicas para proporcionar respostas precisas sobre a perda de material genético. O resultado é um melhor rendimento em geral, incluindo uma taxa de falsos positivos baixa em comparação com outros testes, e a menor taxa de falhas do ensaio no setor.3

Eficácia do teste e as respostas precisas e confiáveis

Sensibilidade global de 91,6% e precisão de 99,84%

1. Chui et al., BMJ 2011;342:c7401.
2. Dan S., et al. Clinical application of MPS-based prenatal non invasive fetal trisomy test for trisomias 21 and 18 in 1110S pregnancies with mixed risk factors.
3. Das Chakraborty R, Bernal AJ, Schoch K, Howard TD, lp EH, et al. (2012) Dysregulation of DGCR6 and DGCR6L: psychopathological outcomes in chromosome 22q11.2 deletion syndrome. Transl Psychiatry. 2: e10S. doi:10.1038/tp.2012.31.
* lnclui ldade materna. Medida da translucência nucal e marcadores bioquímicos PAPP-A e 8-HCG livre.
** lnclui outros marcadores de ultrassom: osso nasal, dueto venoso e do fluxo tricúspide. (FP = falsos positivos).

Contato