fbpx

8 dicas para aliviar o inchaço na gravidez durante o verão

inchaço na gravidez

O inchaço na gravidez é comum para boa parte das mulheres. O problema pode aparecer em qualquer período da gestação, mas no calor fica ainda mais frequente devido à dilatação dos vasos sanguíneos. O corpo está em expansão, por isso, produz fluídos e sangue adicional. Também conhecido como edema, o inchaço pode ocorrer nos pés, tornozelos, pernas, mãos e rosto, podendo prejudicar também a absorção de líquidos pelo sistema linfático e dificultar o retorno do sangue para o coração.

Entre as diversas mudanças hormonais que ocorrem durante o período gestacional está o aumento da progesterona, principal responsável pela retenção de líquido. Além disso, pode aparecer o aldosterona, hormônio que afeta o transporte de nutrientes. Ambos facilitam o surgimento dos edemas.

É preciso prestar atenção, pois o inchaço que aparece de repente pode ser um sinal de pré-eclâmpsia – doença que atinge 5% das mulheres grávidas classificada como “disfunção dos vasos sanguíneos”.

Além disso, quando o bebê começa a crescer dentro da barriga, o útero passa a pressionar as veias da região pélvica, principalmente a chamada cava. Essa veia fica do lado direito do corpo e é ela quem recebe o sangue que vem das pernas. A pressão faz com que a circulação do sangue seja mais devagar e se acumule.

Para reduzir esses sintomas, separamos 8 dicas simples para o dia-a-dia da gestante:

1) Beba bastante água. Para ajudar no funcionamento dos rins, é indicado consumir de 2 a 3 litros por dia;

2) Evite ao máximo ficar muito tempo em pé. Para quem trabalha sentada, é importante fazer pequenas caminhadas ao longo do dia;

3) Diminua o consumo de produtos industrializados, que são ricos em sódio, gorduras e conservantes, pois fazem mal ao organismo e dificultam a circulação sanguínea. Além disso, reduza o consumo do sal e mantenha uma dieta balanceada;

4) Ao dormir, deixe as pernas num ângulo de 45º. Coloque um travesseiro debaixo do colchão, assim as pernas ficam elevadas, o que facilita a circulação do sangue;

5) Faça compressas frias de 10 a 15 minutos nas extremidades inchadas. Elas irão reduzir o inchaço da gravidez e aliviar a dor;

6) Use roupas leves. Evite meias ou meias-calças e sapatos que possuam pouca elasticidade. Prefira calçados que permitam a transpiração e tendem a ser mais confortáveis. Considere comprar meias-calças de cintura alta para ter um suporte extra;

7) Ficar descalça também ajuda muito a diminuir os inchaços nas pernas;

8) Drenagem linfática estimula a circulação venosa, que reduz a retenção de líquido, diminuindo o inchaço na gravidez. Além disso, estimula a lactação e diminui a sensibilidade das mamas, preparando-as para amamentação, entre outros benefícios.

É simples, mas pode ser sério!

O inchaço na gravidez pode significar muitos problemas, por isso é preciso ficar de olho. Se for intenso e afetar mãos, braços e rosto, ou se o aumento do peso for grande, pode haver limitação de movimentos dos dedos das mãos, dor na região da nuca e formigamentos. Esses sinais podem significar riscos à mamãe e ao bebê. Procure um médico e faça o pré-natal.




New Call-to-action


subir

Pin It on Pinterest