fbpx

Como cuidar de uma gravidez de risco

gravidez de risco

O período da gestação é um dos mais especiais na vida da mulher. Entretanto, todos os cuidados e preocupações com a saúde nesse momento costumam ser pouco lembrados. Quando ocorre uma gravidez de risco, essa atenção precisa ser redobrada, tanto pela mãe quanto pelo médico obstetra.

Se você está planejando sua gravidez ou descobriu recentemente que está esperando um bebê, este é o momento de conhecer mais sobre os cuidados necessários e as complicações mais comuns que uma mulher gestante pode ter.

 

O que é uma gravidez de risco?

Durante o período gestacional, a mãe e o bebê podem sofrer e serem expostos a algumas complicações que podem colocar a gravidez em risco. De acordo com o caso, é possível categorizar o nível de perigo de cada gestação:

– Risco médio: inclui adolescentes menores de 17 anos e mulheres com mais de 35; mulheres fumantes ou que sofrem de obesidade. As principais complicações que podem ser desenvolvidas são a diabetes gestacional, parto prematuro, ou um bebê que apresenta anomalias genéticas ou cromossômicas, detectadas com um teste pré-natal específico, como o NACE.

– Risco alto: ocorre na gravidez de gêmeos, mulheres com anemia, hipertensão crônica, diabetes ou aquelas que passaram por cirurgia uterina. Os problemas que essas mulheres estão expostas incluem defeitos congênitos, pré-eclâmpsia leve, infecções e outros.

– Risco muito alto: associada principalmente a gestações múltiplas (três bebês ou mais). Os perigos para a gestação incluem malformações nos bebês, pré-eclâmpsia grave, trabalho de parto prematuro ou incontinência de colo do útero.

 

Como descobrir se minha gestação apresenta algum problema?

Riscos gestacionais podem ser detectados em exames ginecológicos, nos quais testes de pré-natal (como hemogramas, exame do nível de glicose, teste de urina e ultrassom) serão realizados. Eles ajudarão a acompanhar o desenvolvimento do bebê e são realizados desde o primeiro trimestre da gestação.

No entanto, algumas vezes um problema na gestação só aparece após alguns meses – casos como descolamento de placenta, hemorragia grave, hipertensão ou diabetes gestacional. Por isso que realizar o acompanhamento durante todo esse período é tão importante: o médico irá conhecer bem o seu caso e poderá prevenir e cuidar de qualquer problema apresentado.

 

Como cuidar de uma gravidez de risco?

Quando a gravidez de risco é diagnosticada, o melhor a se fazer é seguir todas as orientações médicas. Isso ajuda no desenvolvimento e nascimento saudável do bebê. Aqui estão alguns passos que todas as futuras mães devem seguir:

Visite o médico com frequência. Dessa maneira, é possível acompanhar a evolução da gravidez e realizar todos os exames necessários. É importante tirar todas as dúvidas e falar sobre sintomas que você sente.

Faça atividades físicas. Mulheres que já têm uma vida ativa devem continuar seus exercícios, mas de maneira moderada. Gestantes com uma vida sedentária devem procurar recomendação médica antes de iniciar qualquer esporte e toda sobrecarga deve ser evitada.

Não beba nada alcoólico e nem fume. Assim como o estresse, esses produtos podem alterar seu ganho de peso, desenvolvimento e a saúde do bebê.

Siga uma dieta saudável e equilibrada. Dessa maneira, seu filho recebe todos os nutrientes necessários.

Durma pelo menos 8 horas por dia. Uma das melhores práticas durante a gravidez é o descanso. Quando há algum risco envolvido, o repouso é ainda mais recomendado.

subir

Pin It on Pinterest