Mudança de humor na gravidez

Ao longo dos nove meses de gravidez muitas mudanças físicas e psicológicas acontecem no corpo da mulher. A mudança de humor é uma delas. Os hormônios são os grandes responsáveis das oscilações de sentimentos que afetam a gestante e consequentemente as pessoas ao seu redor.

Se você está sentindo as emoções à flor da pele, este post vai te interessar.

Por que acontece a mudança de humor na gravidez?

Mudanças de humor são um dos sintomas da gravidez mais conhecidos e que as grávidas mais comentam. Passar da alegria à tristeza e incomodar-se com coisas que antes você nem ligava, são sentimentos típicos que a gestante provavelmente vai viver e que de certa forma se parecem com os sintomas da TPM.

Os hormônios que estão influenciando as oscilações de humor são a progesterona e o estrogênio. Ambos atingem níveis muito elevados durante a gravidez e fazem com que a emoção tenha mais força que a razão.

Apesar da variação hormonal ter um grande peso na mudança de humor, existem outras razões que também influenciam nas emoções:

  • As mudanças físicas que estão acontecendo, como aumento de peso e sensibilidade dos seios, podem afetar o bem-estar e também o humor.
  • As mudanças psicológicas jogam um importante papel no humor, pois a felicidade de ter um bebê se mistura com os medos em relação ao futuro e fazem a cabeça da futura mãe estar a mil, assim como suas emoções.
  • Incômodos típicos da gravidez vão afetar a disposição e, portanto, o estado de ânimo.
  • As relações interpessoais são vitais para melhorar ou piorar a forma como você se sente. O apoio e compreensão do parceiro e pessoas mais próximas, podem ajudar você a controlar-se e sentir-se bem.

As mudanças de humor nas fases da gravidez

Como cada gravidez é única. Também existem mães que terão diferentes sintomas e podem ou não viver as variações de humor que comentamos aqui sobre cada fase da gravidez. Mas no geral, os sentimentos característicos se apresentam da seguinte forma:

  • Primeiro trimestre: O início da gravidez é o período com mudanças latentes onde as alterações de humor costumam ser fortes. Entre a sexta e a décima semana de gravidez está a etapa mais intensa. Além disso, este é o período de adaptação à gravidez, e as incertezas que provoca a notícia de que você vai ser mãe não ajudam a manter a serenidade.

As gestantes que sentem mais enjoo são mais propensas a sofrerem com as mudanças de humor. Uma má notícia para quem já está passando uma fase difícil com as náuseas.

  • Segundo trimestre: Este é o período mais tranquilo emocionalmente. As mudanças não são tão frequentes nem tão bruscas. Neste momento mais estável do próprio corpo e assimilação da ideia de ser mãe, as mudanças de humor também estabilizam.
  • Terceiro trimestre: Nessa fase é possível que as mudanças de humor voltem por várias razões. Com o aumento do útero podem surgir novamente incômodos físicos, além disso, a proximidade do momento do parto onde você finalmente estará cara a cara com seu bebê, geram ansiedade e afetam o humor.

Como controlar o humor durante a gravidez?

Apesar da mudança de humor ser frequente na gravidez e muitas vezes difícil de evitar, existem alguns passos que podem ajudar a moderar sua intensidade:

  • Descansar. Gravidez não é doença, no entanto a tarefa de alimentar um bebê dentro do corpo exige muito esforço e cansa. Por isso, não lute contra o cansaço.
  • Pratique exercícios de relaxamento como yoga, hidroginástica ou meditação. Inclusive caminhar um pouco vai ajudar a relaxar.
  • Mude o chip. Realize atividades que não tenham que ver apenas com a gravidez e maternidade. Para ter equilíbrio é preciso variar os pensamentos e ações.
  • Converse e esclareça mal-entendidos. A chave para as boas relações é o diálogo, então, antes de reagir contra algo que interpretou, converse e expresse seus sentimentos para evitar situações que desencadeiem uma discussão.
  • Evite situações e pessoas conflitivas. Se você já sabe o que pode tirar você do sério, evite que isso aconteça.
  • Converse com outras gestantes, isso ajuda a comparar sua experiência com outras pessoas e reduzir os medos que podem piorar as mudanças de humor.

O que você acha?

Contato