fbpx

6 Dicas para diminuir o enjoo matinal durante a gravidez

Enjoo-durante-a-gravidez-tem-solução

O enjoo matinal é um sintoma típico do começo da gravidez e atinge mais da metade das mulheres gestantes. Se você está no primeiro trimestre de gestação e sente náuseas, saiba que existem soluções para reduzir o problema e evitar a indisposição.

As causas para o enjoo matinal são variadas. Ele pode estar ligado a fatores psicológicos, alterações hormonais e atraso nas atividades digestivas do estômago, que são reações completamente comuns no corpo em constante mudança da gestante.

Não sentir enjoo também é normal – não indica nenhum problema com você ou com seu bebê.

 

6 dicas para reduzir o enjoo matinal

1 – Coma de 3 em 3 horas: sim, comer é importante para reduzir o enjoo matinal! Fazer cinco ou seis refeições pequenas ao longo do dia e não passar muito tempo com o estomago vazio ajuda a acelerar o metabolismo e evitar gastrite ou náusea.

2 – Evite ingerir líquidos durante as refeições: isso prejudica o processo de digestão. Mas é importante se manter hidratada, por isso beba pela menos 2 litros de água por dia.

3 – Descanse: como falamos, as náuseas durante o começo da gravidez podem ter causas emocionais e psicológicas. Por isso, dormir bem e evitar situações de estresse e ansiedade colaboram para o seu bem-estar.

4 – Pratique exercícios leves: manter as atividades que você fazia antes da gravidez ou caminhar (sempre com acompanhamento médico) aumentará sua disposição física e mental, ajudará a aliviar dores, além de evitar inchaços e possíveis enjoos.

5 – Evite odores fortes: o enjoo pode ser desencadeado por cheiros fortes e incômodos. Portanto, prefira usar perfumes leves e evite alimentos com odores que te causem mal-estar.

6 – Não faça movimentos bruscos: quando acordar espere entre 10 a 15 minutos para sair da cama. Levante-se suavemente para evitar queda de pressão.

 

Alimentos que você deve comer ou evitar durante a gravidez

Evite:

– Alimentos com alto teor de gordura, fritos ou picantes.

– Café preto, alho ou cebola crus.

– Comidas e bebidas muitos quentes ou geladas.

Coma:

– Alimentos riscos em proteína (carnes magras, derivados do leite, soja, brócolis, tomate, ervilhas e uvas).

– Massas e grãos integrais (arroz, pão ou macarrão).

– Alimentos secos como torradas ou biscoitos “água e sal” podem ser deixados ao lado da cama, para serem consumidos antes da gestante levantar.

ebook gratis alimentação e gravidez

Dicas de alimentação para gestantes

Ingerir comidas saudáveis deve ser uma das principais preocupações da gestante, porque isso garantirá o desenvolvimento saudável do bebê. Siga nossas dicas de alimentação com 3 cardápios diferentes para se sentir bem-disposta e mais saudável.

subir

Pin It on Pinterest