fbpx

Soluções da genética para uma gravidez saudável

Igenomix-soluções-para-uma-gravidez-saudável

Quando se começa a planejar uma gravidez, a mulher já deve procurar um médico de confiança para acompanhá-la durante a gestação e iniciar o tratamento com ácido fólico, três meses antes da concepção. Para mulheres que apresentam certos níveis de infertilidade, ou têm mais de 35 anos, a Igenomix possui soluções que ajudam a realizar o sonho de se tornar mãe.

Já para aquelas que estão grávidas, o laboratório que é referência mundial em medicina reprodutiva, também possui produtos para fazer o diagnóstico de alterações cromossômicas e descobrir o sexo do bebê.

 

Soluções da Igenomix para pré-concepção

Teste de compatibilidade genética (CGT): exame importante para casais com histórico de doença genética na família ou que são parentes consanguíneos. A partir do sequenciamento de nova geração (NGS), ele avalia o sangue dos futuros pais para descobrir se eles possuem as mesmas alterações no DNA, sendo capaz de encontrar 15 mil mutações associadas a mais de 600 doenças genéticas.

Teste da função reprodutiva masculina (SAT): com uma amostra de espermatozoides do homem que deseja se tornar pai, é possível descobrir se há anormalidades cromossômicas no esperma, ligadas a infertilidade masculina, abortos recorrentes e insucesso nos tratamentos de reprodução assistida.

Exame pré-implantacional para alterações cromossômicas (PGS): é indicado para mulheres com idade materna avançada (mais de 35 anos), aborto recorrente, gravidez anterior com anomalia cromossômica, fator masculino de infertilidade e falha de implantação. O PGS avalia os embriões e descobre aquele que é mais saudável cromossomicamente, assim aumenta a chance de sucesso da fertilização in vitro e de uma gestação saudável.

Exame pré-implantacional para doenças genéticas (PGD): Assim como o PGS, esse exame avalia a saúde do embrião antes de sua transferência para o útero. Porém, ele identifica mutações genéticas, sendo indicado para casais que possuem doenças genéticas na família e querem evitar que o filho nasça com o mesmo problema.

Análise de receptividade Endometrial (ERA): Desenvolvido e patenteado pela Igenomix, o teste foi criado para mulheres que apresentam falhas de implantação com embriões de boa qualidade. Quando há mais de três falhas, as chances da paciente possuir uma janela de implantação (dia fértil) alterada é de 25%. O ERA encontra essa alteração e indica o dia ideal para uma fertilização de sucesso.

 

Solução pós-concepção para abortos recorrentes

Estudo de restos feitais (POC): É indicado para casais que sofreram abortos recorrentes no 1º trimestre, seja em gestações naturais ou aquelas fruto de tratamento de reprodução assistida e fertilização. O exame é realizado com o material genético recolhido após o aborto, e é capaz de descobrir se o feto possuía alguma alteração cromossômica. Assim, o exame permite que o casal encontre alternativas para uma nova gestação sem riscos (como a realização do teste PGS).

Soluções da Igenomix para o pré-natal

Para a gravidez, a Igenomix oferece o NACE, teste pré-natal não invasivo, que ajuda médicos e gestantes a descobrirem se o feto possui alguma alteração cromossômica, como a Síndrome de Down.

Em sua versão estendida, chamada NACE Ampliado, analisa alterações em sete cromossomos diferentes, além de microdeleções associados ao atraso intelectual e malformação de órgãos.

A principal vantagem do exame é o fato de usar apenas uma amostra de sangue da futura mãe. Isso garante um diagnóstico preciso sem prejudicar a saúde da gestante ou colocar em risco a vida do bebê em desenvolvimento.

subir

Pin It on Pinterest