fbpx

Intestino preso na gravidez

Imagem de grávida deitada tranquila porque não tem problemas de intestino preso

Durante a gravidez, principalmente em uma fase mais avançada, é comum ocorrer problemas de intestino preso. Existem duas razões que contribuem para que ir ao banheiro seja um incômodo frequente para as gestantes. O primeiro deles é a variação hormonal que afeta não apenas na mudança de humor, como vimos anteriormente, mas também a digestão na gravidez.

A questão intestinal nem sempre é somente a dificuldade para ir ao banheiro, pois para algumas mulheres, as mudanças hormonais produzem o efeito contrário, podendo causar diarreia.

A segunda razão que contribui para os problemas intestinais na gravidez é o aumento do tamanho do útero. Durante os últimos meses da gestação, o bebê já ocupa muito espaço no ventre materno e pressiona o intestino, que fica lento e trabalha com dificuldade.

Além dos dois fatores principais, existem outros fatores que você pode controlar para amenizar o intestino preso e a prisão de ventre, como a alimentação e a atividade física, que quando são deixados de lado, podem impactar de forma negativa no trânsito intestinal.

Intestino preso na gravidez: sintomas comuns

Existem certos sintomas que indicam que você está com o intestino no preso:

  • Mais de quatro dias sem conseguir ir ao banheiro.
  • Dificuldade de expulsar as fezes sem esforço e notar que ao conseguir, elas são duras.
  • Ter a sensação de bloqueio e mesmo após evacuar, sentir que não eliminou tudo.
  • Dor abdominal e muita sensibilidade.
  • Sua barriga ronca muito e os ruídos são mais altos que o normal.

Se você apresenta os sintomas acima é provável que tenha um caso de intestino preso típico da gravidez. Comente com seu obstetra a situação para que ele possa recomendar uma solução personalizada. Lembrando que automedicar-se é um risco que nunca se deve correr, principalmente durante a gravidez.

Como prevenir o intestino preso na gravidez

É possível tratar o intestino preso através da alimentação e alguns hábitos que recomendamos que você incorpore. Seguindo estes conselhos, você irá solucionar ou ao menos diminuir o incômodo digestivo.

  • Inclua na sua dieta alimentos ricos em fibra, eles ajudam a aliviar o intestino preso porque facilitam a digestão. Consuma entre 25 e 30 gramas de fibra ao dia. Alimentos integrais (arroz, pão, macarrão), cerais e grãos são uma boa pedida.
  • Coma muita verdura lavando bem antes de consumir. Em cada refeição garanta que terá sempre algo de verdura no prato e entre as refeições, coma frutas.
  • Beba muita água. Manter a hidratação tanto previne quanto cura o intestino preso na gravidez. Também valem as vitaminas e sucos naturais, mas não os refrigerantes e sucos artificiais, pois eles são muito açucarados.
  • Mastigue lentamente e coma devagar, a digestão começa na mastigação, mastigando lentamente você vai ajudar o intestino e também evitar a prisão de ventre.
  • Aposte por comidas leves, cozinhar grelhados e ao vapor são as melhores maneiras de preparar os alimentos durante a gravidez.
  • Tente estabelecer uma rotina. Para regular o intestino, tente comer sempre nas mesmas horas e também ir ao banheiro nas mesmas horas. Nosso corpo gosta de rotina.
  • Pratique atividades físicas regularmente, adaptando a intensidade dos exercícios ao momento da gestação, mas evitando o sedentarismo. Pense ao menos em caminhar ou consulte seu obstetra sobre os exercícios mais indicados para você. A atividade física ajuda a regular a digestão.
subir

Pin It on Pinterest